sábado, 1 de novembro de 2008

Xaveco é lalo

Maçã esperta que era, desde a semente conhecia a antiga história que recomendava às melhores permanecerem no topo.
De seu recôndito galho - enquanto crescia - observava, analisava e concluía. Pois se faz necessário cautela, antes de aceitar plenamente antigas histórias.
Assim foi que presenciou o moço, intrépido e valente, galgar o topo da macieira, até, temerariamente alcançando a mais altiva e longínqua das frutas, mordê-la com avidez incontida. Para a seguir, guspi-la e exclamar displicentemente: - Está verde.
As melhores maçãs podem até ser as mais altas, mas nem sempre os melhores homens são os mais valentes.
Observou também a maçã que, madura e redonda, docemente esperava. Agüentando o quanto pôde, certo dia cedeu ao peso da própria maturidade e caiu ao solo. Foi devorada por um porco, que ao acaso ali passava.
Assim sendo decidiu-se a não estar nem lá nem cá. Manteve-se suculenta, porém acessível, na esperança de ser bem comida.
Certo dia foi colhida por bela e alva moçoila - não sabia que mulheres também comem maçãs? - mas resignou-se: Antes os pequenos lábios de uma jovem dama, que o desdém de um aventureiro, ou ainda a rudeza das mandíbulas de um porco.

A esperada mordida, no entanto, ainda não veio. Terminou seus dias num parque de diversões, entre tantas outras, vendida sob o nome genérico de "maçã do amor".

Paulo Eduardo de Freitas Maciel de Souza y Gonçalves

10 comentários:

AnaCrônica disse...

Maçã GLS haha.

Olhar disse...

É a maçã do desafio, convidativa ao pecado? só mordendo....rs...ou então uma passagem para outra porta, outra realidade, tipo como as pilulas de matrix...
abcs

Daniela Lima disse...

A trajetória de uma maça!! Muito interessante seu ponto de vista!!

Danilo Cruz disse...

me deixou com uma vontande de comer maça hehehehe

Sobre opiniões disse...

Olá, vim mecher no seu blog ok? algum problema???

Curti muito seu texto mas vim no blog por causa do nome
PARABENS
bjos

Anônimo disse...

Só posso concluir q alguem comerá a maçã, de um modo ou de outro, não importando os cuidados que ela possa ter...

adorei..

bjo, Barbara

30 e poucos anos. disse...

Bem diferente dos outros textos ... mas muito legal e bem escrito.

Rodrigo disse...

Ótimo ponto de vista!
Me fez refletir sobre alguns assuntos pessoais...

lucas disse...

antes abocanhada por um poroco de dentes grandes. que comida por vermezinhos

Miriã Soares disse...

Alguem desejou a maçã, nao importa quem rs
http://mdiversidades.blogspot.com/