domingo, 23 de dezembro de 2012

Os arquivos Rasputin: Um negócio dos infernos


Chipo Schneider teve um sonho com fogo e mulheres afogadas. Então saiu pelo castelo a descobrir câmaras secretas e uma história que abalaria a região: o grande incêndio que se abatera sobre a vila em fins do séc. XIX fora na verdade obra de Suzy Psicopatinha, que achou um jeito de unir num mesmo evento seu amor pela fotografia e seu ódio pelos habitantes do vilarejo.

As fotografias macabras e todas as provas do crime encontravam-se em uma cripta hermética, guardadas por uma sociedade secreta dedicada a provar a inexistência de bobagens parapsicológicas através da falsificação e reprodução de crimes sobrenaturais.

Só então, observando os detalhes da decoração e as próprias mãos, foi que Schneider entendeu: estava nos anos 50, em plena viagem astral, revivendo os últimos momentos de Lily Rosembaum, sensitiva assassinada pela seita para não revelar suas descobertas, dada como morta em um conflito paranormal. Isso explicava os sonhos com água. Não eram parte da trama do castelo, mas sim um pedido de socorro por parte dos espíritos dos marinheiros de um galeão espanhol amaldiçoado por uma bruxaria encontrada nos destroços de um velho navio viking saqueado há séculos, a qual era parte do destino de Lily desvendar.

Com seu assassinato, as energias residuais de seu espírito atormentado procuraram por décadas alguém de capacidade equivalente para resolver sua situação, e era a premência desta agonia que se manifestava através dos sonhos com água.

Ao acordar à escrivaninha do escritório, Scheneider tomou o telefone e disse à secretária que comunicasse ao sobrenatural que estava assoberbado e recusando casos intrincados como o que lhe fora exposto esta tarde, mas que lhes recomendasse o nome de Jack Palanhengo, médium competente e módico nos preços.

“Prevejo que esse caso ainda vai acabar levando Jack pro inferno” – pensou sorridente, sem atentar para a visagem que lhe implantava escutas em pleno cérebro…

Paulo Eduardo de Freitas Maciel de Souza y Gonçalves

30 comentários:

Blogueiros do Brasil disse...

Olá Paulão ! Tem algo errado com o HTML do seu blog. A sidebar está truncada.

Vinícius disse...

Se dedique em escrever um roteiro; sua maneira de escrever nos leva a criar um filme só com a mente!

Lesstack Manson disse...

Concordo com o Vinícius!
Esse poderia ser facilmente confundido com um resumo de um roteiro Hollywoodiano!!!
Talvez mudando em alguma coisa o template, os gadgets, faria com que o sucesso do seu blog viesse a ser algo que chegue logo e dure muito.
Parabéns.

Anônimo disse...

Na boa, dá até medo ler seu texto com tantas coisas sobrenaturais envolvendo sonhos... mas eu gostei msmo assim :)

- agora hora de divulgação -

Querido diário, esse ano de 2012 eu completei minha cota de 51 pessoas na minha lista. Só esse ano eu peguei 29 pessoas. Fiz sexo anal. Fiquei com meninas. Experimentei droga. Continuo com a buceta lacrada.
Continue lendo, acesse: www.diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com

Flávio Veloso disse...

Cara obrigado pelo comentario no blog,deixo um comentário aqui!
Muda este background do teu blog creio que ficaria melhor.e tenta colocar menos labels.blz
valeu
assistefcd.blogspot.com

palavras ao vento disse...

nada como uma viagem para saber fazer as coisas...

Yuusuke disse...

Viajar é bom demais.
http://nipponpress.blogspot.com/2012/12/morre-o-autor-de-gen-pes-descalcos.html

Cafajeste Sedentário disse...

Bom texto amador.

doseilah disse...

Viagem da peula. rsrs...

Yuh A. disse...

Boa viagem e, excelente texto. Criei um filmezinho na mente enquanto lia, haha.

Gostei do seu blog, já estou seguindo. Dê uma passadinha no meu também: http://amebeijesorria.blogspot.com.br/

Claudio Chamun disse...

Hediondo! Mas legal paca.

www.cchamun.blogspot.com.br
Histórias, estórias e outras polêmicas

Caroline Luft disse...

Concordo com o vinicius! Muito bom! Seguindo

http://where-you-can-always-find-me.blogspot.com.br/

Micael Araújo Andrade disse...

A ideia do texto é boa, mas precisa ter mais coerência dos fatos, uma narração mais rebuscada.
Abraço!

Karla Prado disse...

Gostei!

Guilherme Augusto disse...

Bacana...

Pergunte a uma mulher disse...

Eu não conseguiria ter uma mente tão fertil kkkkkkkkkkkk

mas adoro quem tem, acho que é por eu não ter ! kkkk

Aline disse...

Que texto original! O final ficou muito bom!

Rafael Oliveira disse...

Interessante

Marília disse...

Curto esse lance de sonho. curti o texto.

Cícero Barbosa disse...

descola um pouco desse barato que você anda tomando!

davi disse...

muito bom :D http://bloggdoanonino.blogspot.com.br

Yuusuke disse...

Gostei
http://nipponpress.blogspot.com/2012/12/japao-instala-sensores-para-deteccao-de.html

Yuu disse...

lol

Vinicius Alves disse...

Pode ser mais interessante, melhorar em alguns pontos... No entanto, para quem gosta do gênero está bem escrito... Recomendo que descreva melhor as características fisionômicas dos personagem...

Abraços.

Spertnez disse...

Curti muito e a forma que você escreve faz prender a atenção do leitor a cada linha. Sempre esperando pelo próximo momento e no que vai acontecer.

Parabéns.

Iathila Marques disse...

Huum :)

Aluizio Torres disse...

visita o meu blog também

Ilha-dos-games.blogspot.com

Jac Bagis disse...

uau, que estória!

Feliz 2013!

Rafael disse...

Interessante mesmo ^^

Anônimo disse...

texto ridículo