quarta-feira, 29 de maio de 2013

A suavidade do peso

O vento é suave
e a água é pesada.

Subprodutos múltiplos
da decomposição de núcleos
de ação familiar.

Suave é água
e pesado é o vento
sujeitos complementares

de inação ao mesmo tempo.

Paulo Eduardo de Freitas Maciel de Souza y Gonçalves

23 comentários:

Renata Roysal disse...

água no sentido de muito, com certeza deve ser pesada.
O vento com chuva se torna tempestade.
Conflito familiar com certeza causa separação.
E ai, só o tempo para corrigir males. E acalmar a tempestade.
Mas enfrentado tudo isso com amor, paciência e diálogo.
O vento se torna suave. Bjos!!!

Guilherme Augusto disse...

tudo sempre dependerá da perspectiva que encaramos os fatores ;)

Paula Barbosa disse...

Muito bom. Gostei do blog e estou seguindo.

http://pesadeloslivro.blogspot.com.br/

Duo Postal disse...

Essência natural da vida.

http://duo-postal.blogspot.com

Luana Gonçalves disse...

Tudo é complementar!

Almir Ferreira disse...

É o balanço desses elementos e seus estados físicos que dão cor e movimento a este universo. Bastaria o mundo ter uma temperatura um pouco diferente e tudo a nossa volta seria diferente. É um equilíbrio muito frágil o desse mundo.

Um grande abraço,
Almir Ferreira
Rama na Vimana

Li Limeira disse...

A vida é assim cheia de distorções e paralelos incalculáveis...onde cada um assiste sobre sua perspectiva.
Muito bom!!!
http://alternativassonoras.blogspot.com.br/

Marilia Tasso disse...

Lembrei do livro do Milan Kundera. "A insustentável leveza do ser"

Aline disse...

Elementares elementos!

Blognauta disse...

Muito interessante e diferente o seu blog. Atualmente é difícil achar um assim.

Fabinha disse...

Muito bom!
Bom final de semana!
Abraço

Blog do Marcinho disse...

Perfeito. Nota dez. Continue assim.

Bruna Battirola disse...

Muito legal... mudança de peso e leveza... passamos por isso todo o tempo

Fábio Flora disse...

Há pesos e pesos: leves e pesados. Uns nos levam às cordas; outros, a nocaute.

KGeo disse...

até que ficou bom o texto

Marijleite disse...

Concordo mais com a primeira estrofe.
Adoraria receber sua visita: petalasdeliberdade.blogspot.com .

Canto dos Clássicos ADM disse...

Blog um tanto quanto melancólico, mas um mau necessário. bacana!

Fernando disse...

Olá
Forte a poesia hem.
Muito boa a sonoridade das palavras.
gde abrsss
Blog Fernu Fala II
Meu Twitter @fernu
Face do Blog

borboleta disse...

Hoje lembrei de você, com carinho!

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Mande uma mensagem inbox no bacefook então, explicando a extensão do carinho.

borboleta disse...

Faz alguns anos que não temos contato via redes sociais, ou contato pessoal. Mas sempre venho ver o que escreve. Quem sabe uma hora você lembre quem sou, e saberá a extensão do meu carinho!

Anônimo disse...

Paco Rabanne -- Fashion Company History

my web blog Epson Powerlite Home Cinema 3010 best price

Claudio Chamun disse...

O tempo é relativo.
O vento é pesado como água.