sábado, 15 de agosto de 2009

Como diz-se

Ao contrário de tantos outros, estava feliz tanto em sua condição de tijolo quanto em sua posição junto à base da grande pilha desordenada que era o único mundo que já conhecera.



Não aspirava um dia tornar-se muro ou edifício, nem nada que implicasse em abandonar sua tão prezada individualidade, de modo que não perdia seu tempo em idílios ou planos sobre como galgar ao topo, de onde se afirmava ser mais fácil a transcendência.



Quando sopraram os ventos da revolução, virando do avesso as certezas e trocando tudo de lugar; enquanto alguns dedicaram-se a exaltar a glória das argamassas e outros procuravam explicações sócio-físio-científicas condizentes com os próprios conceitos; enquanto a grande maioria aproveitava para demonstrar a força de sua fé no Homem, o ser todo poderoso que criara o universo a partir do barro e do fogo – rogando-lhe das formas mais ardorosas que protegesse a si e aos seus; foi que desapareceu.



Em meio a tamanho caos, ninguém reparou no destino de tão insignificante figura. Diz-se que partiu-se todo em nome do fim que lhe foi reservado, remoendo-se de tal forma, que cada um de seus grãos, de tão refinados, hoje pulsa em diferentes pontos do centro da essência de tudo que existe.



Diz-se que virou ponte, e que de suas lágrimas é que surgiu o rio por sobre o qual eternamente chora, sozinho, no mesmo lugar.




Paulo Eduardo de Freitas Maciel de Souza y Gonçalves

62 comentários:

Inez disse...

Muito significativo, pode-se entender esse texto de várias formas.
O homen que não tem sonhos e que se deixa levar.
O preconceito, ainsignificãncia que ninguém nota.
Parabéns o texto é ótimo.

Gil disse...

Muito doido.Que loucura é essa? Um poema? Tendi nada hahahahahaha.
O visu de seu blog até que é legal. Preto,clima soturno, com letras abóboras, brancas, boa combinação. É isso aí, se expresse sem medo.

Rodrigo Selback disse...

é a figura opressiva da sociedade que abafa o individuo

Minerva 02 disse...

gostei vc escreve bem ^^

Priscila Schonberger disse...

Paradoxal! Parabéns!

Jorge Efi disse...

Parabéns!

shadows sweet shadows disse...

lembrancas do tempo q ajudou o claudiao shuasasas

Vini e Carol disse...

Legal.
Tbm quero aprender a fazer um muro :D

Abraço.

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador...
Voce esta melhorando a cada nova postagem.
Já falei que adoro a descrição do seu perfil? Não! agora já disse.

Lombardi* disse...

muito bom o texto, gostei da interpretações que podem ser levadas em conta.

iti disse...

ser um muro ?
é tudo que sonhei...
td que andei nao pensei...
rs
http://www.maquinazero.com.br

Alam Oliveira disse...

Faltou só falar do sentimento do oleiro que na olaria dá vida ao tijolo.
Adorei a forma poética que você escreve um texto com aspecto de prosa. Quase um mito. Parabéns!
Falando de um elemento simples você conseguiu transitar por vários aspectos, inclusive a origem bíblica do ser humano. Engraçado, diferente do tijolo forjado do barro com fogo, somos feitos do sopro. Confuso e profundo isso né?

Abração!
E se viajei de mais na interpretação, desculpa...

Quando der passa no http://revolucao29.blogspot.com/

melysande disse...

Poético. Gostei muito.

Thaty disse...

Preciso montar meu muro de tijolos. Lindo e profundo parabéns

Guttwein disse...

Aqui, cada um levará uma interpretação para si, e é justamente isso que faz dos seus textos algo que vale a pena ser lidos!

Leo disse...

Texto impactante! O melhor é a interpretação do mesmo, que cada um consegue tirar a sua.

Barbara disse...

Eu falei q vc é inteligente Paulao..

Victor Valente disse...

kra pra ser sincero, num entendi quase nada (to com uma dor de cabeça do c@#$%¨ entao n consegui prestar atençao)
amanha passo aqui novamente pra ler com mais calma!

Zazá disse...

Otimo blog *-*
adorei mesmo, continue assim e com muito sucesso.
Que Deus te abençoe sempre, se puder passa no meu blog!
aguardo hein?

bullshitrock disse...

legal a metáfora... quem percebe-la vai ter um otimo intendimento;

Fabricio bezerra da guia disse...

eu acho que este texto é interessante e aberto a interpretação

parabens

Anônimo disse...

legal!

luiz scalercio disse...

cara isso e poema ou nao
que locura .

Adm. Marcelo Leite disse...

Bela forma de se expressar!

Marcus disse...

mô locura! kkk

Marton Olympio disse...

maneiro.

Adriano disse...

bacana seu testo
gostei muito mesmo

visite o meu blog

http://escrevendo-ideias.blogspot.com

Marii disse...

Sensacional o texto. O blog também é muito criativo. Os posts muito bons.

Abraço!

http://momentono.blogspot.com/

Rogerio disse...

texto interresante,,,gostei dessa parte...virou ponte e que de suas lagrimas e que surgiu o rio...

Plínio disse...

amigo
se for comentar no blog da gente
faça um comentario q tenha nexo.. ou não comente!

Plínio disse...

amigo
comentar o blog de cima é escolha tua, só comenta se quiser!
então, se escolheu comentar, comente algo util...

mas... como vc disse, seu comentário deve algo muito profundo pra entender né!
vou relaxar aki e pensar no significado dele!

valew
abraço!

kbritovb disse...

ah mano num faz mto meu estilo
abç

FábioE§¢orpïão disse...

Talvez eu deva reler mais uma ou duas vezes para pescar a metáfora contida. Sei que o pó do tijolo de hoje pode ser parte da matéria de qualquer outra coisa amanhã.

Seu texto é instigante.

Bruna Cabral disse...

OMG!
Tive que ler certo parágrafo umas três vezes. É um negócio bizarro, complicado, mas eu gostei.
=)
Beijos.
http://oquevocequerserquandocrescer.blogspot.com/

Gabriel Ribeiro disse...

Uau!

Era pra entender alguma coisa?

Me senti mó burraldo agora, pq não entendi nada hahaha.

Abraço!

Prêmio M3, disse...

vivemos de sonhos e incertezas...
pra onde o vento nos guiar é o melhor lugar pra seguir.

Giovana disse...

gostei daqui , certeza que vou voltar mais vezes .

Vini e Carol disse...

Ow mano, vai se fode!
Vc copia os textos de outras pessoas e vem falar mal do meu texto?
Se orienta parceiro.
Vai lá e escreva algum erro meu, já que é tão esperto.

Espero que tenha sido uma brincadeira, pois nunca dá pra saber se seus comentários é sérios ou não!

Abç.

Anônimo disse...

dadaidadadi

Vini e Carol disse...

Então querido professor de português.
GRANDES erros que você citou, parabéns.
Não esquenta não que irá achar mais erros piores por ae, se vc entende um pouco de blog, não é mesmo?
Mas uma coisinha, meu blog tem 22 mil visitas, mais de 2100 comentários, então, quem é você pra querer criticar la?
Um blog sem nexo, com menos de 40 seguidores, onde pega frases e textos de outras pessoas para postar!

Não me acho infalível, todos tem direitos de errar, mas sempre tem um babaca que comenta justamente os erros.

Acorda parceiro, olha para seu blog, depois comente no dos outros.

Abç.

Vini e Carol disse...

Não existe "para mim" nesse meio da Blogosfera, vence o mais forte! ;)

E por ter certeza que não recebo comentários desse tipo não, e só não to aceitando os seus pois não faz sentido discutir por meio de comentários, e pelo que percebi, você é acostumado a ter essa prática, não é mesmo?

Você tá deixando os meus para ter um número maior, não é mesmo? kkkkk

Já que diz que não quer ter comentários falsos, porque deixar os meus aí? Já que não tem nada a ver com sua postagem.

Se orienta zé.
Aparece do nada, faz um blog lixo com assuntos nada a vê, e quer criticar os outros.

Pior que não põe a cara pra bater, tem perfil, nome, nada, mais um revoltado que tem acesso a internet graças a essa maldita inclusão digital.

Se orienta MOLEQUE.

Vini e Carol disse...

Hohoho, falou o espertão!
Não deixo comentários estilo os seus em meu blog apenas para não sujar a imagem dele, se é que me entende?

Você escreve melhor que eu? Parabéns, cadê os textos de sua autoria??? Porque precisa pegar textos de outras pessoas? Porque faz comentários inuteis no blog alheio?
Se orienta sua bicha.

Eu assumo meus erros, em nenhum momento neguei os mesmos, só acho errado algum babaca comentar de algum erro ao invés de comentar sobre a pergunta.
Isso é coisa de idiota, de quem fica o dia todo na net coçando a bunda e vendo erros ortográficos dos outros.

Eu vejo vários e vários erros por aí, mas nunca comento sobre eles, prefiro comentar sobre o que a pessoa quis dizer do que propriamente sobre seu erro, e mesmo assim não deixo de ser sincero.

E se tem algum cuzão aqui é você brother, deve ser um frango, nerd, que passou a vida toda apanhando na escola, e quando termina os estudos quer pagar de espertão na internet.

E outra coisa, se meus assuntos fossem ruins, não teria 2100 comentários, não é mesmo? Os seus são bons né?? Tô vendo! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Só lamentos.

Vini e Carol disse...

Mas aê, fico por aqui!
Não vou ficar dando moral pra você, e já percebi que é isso que você quer.

Você tem a opção de comentar ou não no blog alheio, se for pra comentar algo inutil, nem comente, não precisa seguir a risca o jogo das comunidades do Orkut.

Sem mais.

Chat disse...

PARABÉNS!
ESCREVE BEM!

SUBJETIVO FAZ A GENTE VIAJAR...

Bala Salgada disse...

Um tijolo certamente aspira se tornar um muro um dia, kkkkkkk. Boa.

planetadablogueira disse...

O texto é legal viu!!
Sobre oque vc comentou em meu blog, vou pesquisar se existe o diabo genérico e autêntico kkk

apresar de que eu acho que o diabo é cada um de nós mesmo!!!!

Beijão

Rhá disse...

Adoro textos metafóricos , eles sempre me levam a pensar no significado e podem ter um significado diferente pra cada pessoa. :)

Rhaíssa Morais


www.conteudosuspenso.blogspot.com

Cetreus Nominal disse...

muito longo esse texto.
fiquei com preguiça de ler!
:P

Frank disse...

todo mundo precisa de um muro de tijolos, mas sempre com muito concreto e ferro para dar sustentação

KGeo disse...

essas trocas da vida é interesante

Leonardo Dognani disse...

a qnto tempo hein!
cara, vo te dizer, q esse texto realmente tem um 'que' de drama, mas disfarçado de tijolo ;)
analogias ótimas^^

abs

*Teta de Nêga* disse...

Quantas metáforas!!! Adorei!

Gugui disse...

Interessante o BLOG!

Legal!

Abração

Gugui (EQUIPE ALACAZUM)

www.alacazum.blogspot.com

Andressa m disse...

Boa sorte

javAlisson disse...

(arga)Massa esse texto também... só não vou dizer quer é bonito pra não emboiolar...

Wander Veroni disse...

Texto muito bonito e que nos traz muitas reflexões. Tem muitas pessoas que se acham "tijolos" e não gostam de interagir com as outras.

Abraço

Habib Sarquis disse...

Mais uma vez me encanta com os textos. Parabéns!

Blog: Cultura Dinãmica - www.culturadinamica.wordpress.com

simple_chi! disse...

:)) ke legaal!!
otimo blog! ;)







www.quadrado-magico.blogspot.com

Shellen disse...

Uaaaau, que foda :O

Fábio Flora disse...

Interessante a metáfora do tijolo que vira ponte cujas lágrimas dão origem a um rio. Bem sacado. Abraços e sucesso com o blog!

Leandro Rocha disse...

Quem é mais triste o tijolo que se tornou ponte ou a ponte que engoliu o tijolo com sua tristeza e só se completa contando com ele?

Ótimo texto! E com uma reflexão bem interessante.

Show.

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador...
De tanto ler seus textos, fico com receio de me repetir... mas sem duvida alguma este é meu favorito!é o melhor de todos... sua incoporação onomatopeica da vida de um tijolo é excelente!
Gostaria de ler mais textos assim.